Redmi Note 8 PRO: o Gamer barato da Xiaomi

Publicidade

Conhecido como o “baratos dos games” o Redmi Note 8 Pro, da Xiaomi, pretende ganhar o coração dos amantes de jogos mobile. Isso porquê, o produto tem o preço equivalente ao de aparelhos intermediários, com o plus de ser muito mais potente. Saca só:

Desempenho

Para esse modelo, a Xiaomi apostou em um chipset novo, o processador da Mediatek Helio G90T que inclui dois núcleos bem poderosos, o Cortex A-76, de 2.5 GHz e mais outros seis núcleos Cortex A-55 de clock 2.0 GHz, foi pensado para que um único núcleo possa rodar indefinidamente no clock máximo, mantendo o desempenho sem causar superaquecimento, além de vir com um sistema de resfriamento líquido.

Além disso, com um carregamento rápido de 18W e consumo de energia é 40% menor. O aparelho vem com 6GB de memória RAM e uma GPU Mali-G76, o clock vai de até 800 Mhz com 4500 MAh. No resumo, temos um produto de muita potência e muito desempenho.

Publicidade

Um a curiosidade sobre esse processador: a Tencent, que faz o Call Of Duty mobil, em parceria com a MediaTek, realizaram uma curadoria para que esse processador fosse certificado para jogos pesados.

O processador também conta com uma placa de vídeo overclock colocada e uma resolução de FULL HD plus. Como não se trata de uma tela 2k, por exemplo,  o processador consegue dar conta do recado, se comportando como um ótimo Mediatek e rompendo a fama da empresa em relação a baixa qualidade de fabricação de seus chipsets que esquentam demais.

Telas

Uma parte essencial para os amantes dos jogos mobil que fazem o consumo de multimídia no smartphone, é a tela. A Xiaomi trouxe uma tela LCD generosa de 6.5 polegadas e resolução FullHD+. Entretanto, é possível notar as cores com um tom de branco, ou seja, mais claras e brilhantes. É possível regular essa questão nas configurações do produto.

Publicidade

Câmeras

As tão polemicas câmeras centralizadas são divididas em quatro lentes. A principal tem 64 MP com capacidade de gravar vídeos em 4k a 30 quadros por segundo. A câmera secundária vem com 8 MP ultrawide, a terceira sendo a lente macro de 2 MP e a quarta com um sensor de profundidade de 2 MP. A polemica vem por conta do sensor de digital, a Xiaomi posicionou a função localizada abaixo das câmeras, o que aumenta a chance do usuário embasar as câmeras ao desbloquear o aparelho.

Vale lembrar que as câmeras não são o grande plus do produto. Elas se saem muito bem, com boas imagens em modo retrato, fotos fieis durante o dia, mas quando a luz cai, abaixo um pouco a qualidade.

O aparelho também conta com a câmera frontal única, em formato de gota, com 20 MP e a possibilidade de gravação em 1080p a 30 fp.

Design

O Redmi Note 8 Pro da Xiaomi, vem com entradas para fone de ouvido, entrada USB C, com carregamento rápido de 18 W e speaker na parte de baixo, sem falante estéreo.

Feito de vidro, coberto por corning gorilla glass 5 na parte de trás e na parte da frente e com as bordas do produto feitas de plástico, vale mencionar que não tem cara de plástico que vai descascar rapidamente.

Elegante, com a traseira muito bonita, se adapta muito bem a pegada das mãos.

O aparelho, no geral, pode ser considerado o “barato dos games” assim como citamos no começo do artigo. A Xiaomi acertou no quesito intermediário! Então, se você está focado em desempenho bruto para os seus jogos mobil, fotos durante o dia, e uma bateria que aguenta por horas ser utilizada, esse cara foi feito para você! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *