Um pouco sobre a cidade de Natal

Publicidade

Natal é a capital do Rio Grande do Norte, um dos destinos mais procurados pelos brasileiros e estrangeiros. É composta por 400 km de costa, embelezados com dunas, recifes, falésias e piscinas naturais. Natal tem atrações incríveis como passeios de buggy, a vida noturna sempre agitada e o melhor é que faz sol praticamente todos os dias.

Um dos pontos mais famosos da cidade e também um dos cartões postais é o Forte dos Reis Magos, construído pelos portugueses no século XVI e que chama muita atenção por parecer uma estrela de cinco pontas. Até hoje, o forte abriga os canhões da época, além de uma bela vista e história. 

O turismo de Natal está concentrado em Ponta Negra. Durante a noite, o Alto de Ponta Negra, se torna um point. Além disso, é onde estão a maioria dos hotéis e pousadas. A ligação do bairro com a região central, que abriga as atrações históricas e restaurantes, é formada pelas avenidas Engenheiro Roberto Freire, Senador Salgado Filho e Hermes da Fonseca. 

Publicidade

Outros pontos turísticos imperdíveis de Natal são: As Dunas de Genipabu, Parrachos de Maracajaú, a Praia de Ponta Negra, Praia de Camurupim, Parque das Dunas, Praia de Genipabu, Morro do Careca, Lagoa de Jacumã, Barra de Punaú e a Lagoa de Pitangui.

Também há atividades que você não pode deixar de fazer quando for a Natal, como um passeio de buggy nas dunas do Parque Ecológico das Dunas de Genipabu. Geralmente, o passeio pode ser agendado na recepção do seu hotel ou no calçadão de Ponta Negra. O bugueiro costuma passar no hotel às 8h30 e durante o passeio, percorre nove praias, três parques de dunas e três lagoas durante 7 horas.

Em Pirangi do Norte, você encontra o Maior Cajueiro do Mundo, título dado pelo Guinness Book. A explicação para o tamanho da árvore, que ocupa 8.500 metros quadrados, é uma anomalia chamada de gigantismo. Os frutos da árvore são produzidos de novembro a janeiro, podendo totalizar até 80 mil cajus. 

Publicidade

Outro local deslumbrante são as piscinas naturais de Maracajaú, com uma cadeia de recifes de corais de 10 km de extensão a 30 minutos de barco da costa. Lá você pode mergulhar nas águas cristalinas das piscinas que se formam na maré baixa e conhecer a vida marinha. 

Por ser o segundo maior produtor de camarão do Brasil, o camarão está presente em muitas receitas de Natal, sendo o Camarões Potiguar o restaurante mais indicado. Outro restaurante altamente recomendado é o especializado em tapioca, com os mais diversos recheios, é o Ginga com Tapioca. Já para comidas regionais, indica-se o Tábua de Carne, Farofa D’Água e Mangai Natal. Para variar o cardápio, também existe a pizzaria Cipó Brasil e o Rapadura Hambúrguer Brasileiro.

A melhor maneira de chegar em Natal é pelo Aeroporto Internacional de Natal — Governador Aluízio Alves. Ele está localizado a cerca de 31 km de Ponta Negra e 22 km do Centro de Natal. Você pode ir até a região central com transporte públicos, táxis, uber ou carros alugados. Uma dica para ir do aeroporto até Ponta Negra é acessar a BR-304, que embora seja o caminho mais longo, é mais rápido por fugir do trânsito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *